Anime Dublado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Cquote1.png Você quis dizer: Anime para analfabetos Cquote2.png
Google sobre Anime Dublado
Cquote1.png Você não é tão bom assim, é um fracassado Cquote2.png
Dragon Ball Z dublado
Cquote1.png É! Tô certo! Cquote2.png
Naruto dublado
Cquote1.png Eu só quero, e espero, ter pra sempre, você junto a mim! Cquote2.png
Se você adivinhou a de onde é a música, parabéns, você não tem vida é bastante culto!
Cquote1.png Ah, que voz horrível. Prefiro ver na linguagem original. Cquote2.png
Otaku fanático sobre Turma da Mônica

Às vezes, uma dublagem muda mais do que só as vozes.

Anime dublado é um fenômeno que ocorre quando emissoras nacionais pegam os seu animes favoritos e decidem transmitir para o povo brasileiro assistir. Como boa parte da população não consegue ou não gosta de assistir programas legendados na televisão, é necessário que todos os programas sejam dublados e como isso inclui até documentários no History Channel e reality shows em canais que ninguém liga, é claro que incluiriam animes.

A qualidade de animes dublados oficialmente não é tão diferente da de fandubs, mas você pode diferenciar uma da outra ao reconhecer dubladores que dublaram outras merdas que não tem nada a ver com anime fora o fato de alguns programas serem desenhos, e anime e desenho é tudo a mesma porra, conforme-se.

Hoje em dia, com a decadência na indústria dos animes, ninguém quer mais saber dessa merda, a não ser otakus analfabetos, então o ato de dublar animes no Brasil está cada vez mais raro. Por causa disso, a maioria dos animes dublados são antigos pra caralho, e os mais "atuais" (da época do Bleach e Death Note) foram dublados para passar no Animax antes desse falir para virar um canal que transmite programas que conseguem ser piores que animes. Mas também, nessa época a maioria dos otakus já tinham Internet e estavam assistindo anime legendado porcamente por grupos de fansub que ninguém garante que tem qualquer conhecimento da língua, enquanto que quem assistia anime dublado na TV sofria bullying (lembrem-se, crianças, qualquer coisa é bullying hoje em dia).

Preconceito[editar]

Death Note, um anime que todo mundo reclamou da dublagem, falando que o dublador que interpretou o Light tinha voz de bicha. Bem, não é como se Light e L não fossem emos gays no anime em si...

Muitos otakus têm preconceito com dublagens de animes, isso porque eles acham que assistir original é mais certo do que assistir dublado.

Os otakus que assistem animes legendados defendem muitos argumentos toscos para justificar o gosto deles por anime original legendado em vez de dublado. Isso serve para qualquer tipo de pessoa que assiste seriados de televisão, desenhos animados, filmes, sabia que tem gente que assiste até novela da Globo legendada? Eles se justificam dizendo que assistir à versão original é melhor porque a pessoa sente como se estivesse assistindo no país de origem, como se fosse um nativo do Japão assistindo o anime dublado na sua casa em Tóquio, enquanto comem yakisoba sentados no chão porque, como todos sabem, no Japão não tem sofá.[1]

Isso é bobagem porque o otaku tem que olhar constantemente para as legendas para entender tudo o que está acontecendo, pois ele provavelmente não manja porra nenhuma de japonês (saber falar kawaii desu não significa que você tem qualquer nível em japonês), sem falar que ele vai ficar voltando o vídeo a cada cinco segundos porque a legenda passa muito rápido (se for Kill la Kill, ele vai ter que assistir em slow motion). O que fode tudo ainda é quando o fansubber filho da puta ainda traduz as conversas pararelas dos figurantes do fundo que não tem nada a ver com o diálogo do plano principal, eles fazem isso somente para confundir o pobre otaku, que já não é privilegiado com muita inteligência e precisa rever a cena umas 10 vezes até conseguir entender tudo,[2] sem falar quando eles colocam "notas" no topo da tela explicando termos e definições japonesas, normalmente para o otaku entender alguma piada ou trocadilho em japonês.

O preconceito desses idiotas otakus levou à falência canais como Animax, que foram boicotados por otakus revoltados que não suportavam ver uma voz nacional interpretando os personagens favoritos dos animezinhos deles. Os otakus odeiam tais dublagens, mas ao invés de ignorar elas e deixar quem gosta assistir, eles procuram falar mal e perseguir até a morte quem assiste, faz ou aprova tais dublagens. Outros canais que passavam animes dublados, como o SBT e Cartoon Network, já não passam mais porra nenhuma de anime além de Ben 10 pelo mesmo motivo.

Os otakus recorrem a fansubs para poder assistir os animes, onde eles precisam assistir o anime pausando a cada 5 segundos para poder acompanhar a legenda, pois em alguns animes, os personagens falam rápido pra caralho, sem falar que em animes de luta em vez de eles calarem a boca e lutarem, eles ficam falando merda a briga inteira, tirando a atenção de quem assiste legendado, pois tem que ficar prestando atenção naquela legenda (que é inútil já que o diálogo desses animes geralmente é, bem, inútil) e não pode se concentrar na briga épica feita com as maravilhosas técnicas de animação japonesa.

Mesmo com todo esse ódio, muitos otakus cresceram com dublagens da Globo e da falecida Locomotion e provavelmente só estão nesse meio otaku graças a elas, só que eles não enxergam isso e falam de animes dublados como se fosse o diabo de tão maléfico que é para os preciosos animes deles. Para os otakus, qualquer dublagem é automaticamente uma merda simplesmente por ser dublagem. Por eles, passaria animes legendados na TV. Porra, para legenda já existem vários fansubbers pirateiros, então a TV tem que fazer algo para inovar.

De fato, eles deveriam é reclamar das traduções de mangás, nessas sim têm merda pra caralho.

Tipos de animes que são dublados[editar]

O povo brasileiro ainda não tem coragem de admitir que gosta de animes do tipo garotinhas fofas fazendo coisas fofas, romance, harém e outras merdas que se passam na escola com personagens que poderiam servir de waifu (não estão perdendo nada). Por causa disso, foram dublados mais animes de ação, porradaria, monstros, aventura, gayzismo, mistério, suspense, terror, enfim, você entendeu, filho da puta.

Algumas exceções poderiam incluir animes com garotinhas "lutando" contra o mal, como Sakura Card Captor, Sailor Moon e Mew Mew Power, apesar de que as sequências de ação de tais animes são decadentes e, mesmo que digam o contrário, é claro que é por outro motivo que a molecada assistia esses animes naquele tempo. Mas é raro alguém admitir que gosta de tais animes, afinal, eles são pura viadagem! Macho de verdade assiste outros machos musculosos suando e brigando.

Animes que todo mundo assistiu dublado[editar]

Somente graças à dublagem brasileira você pode relacionar esses dois

Como dito acima, a maioria dos animes dublados são pré-históricos, de uma época em que não se tinha Internet para se assistir animes legendados e xingar quem assiste dublado (ah, bons tempos!), por isso, a maioria das pessoas de hoje em dia assistiram tais animes dublados, mesmos os otakus super hardcores que odeiam dublagens. A seguir, alguns animes que você provavelmente assistiu dublado:

Dragon Ball Z[editar]

Quem é que não assistiu essa porra dublada? É impossível que alguém, ao ver o Goku, não o relacione automaticamente com a voz do Bob Esponja Wendel Bezerra. Até quem só assistia Dragon Ball Z porque estavam deitados no sofá e não alcançavam o controle para mudar de canal fazem essa relação, ou quem foi forçado a assistir junto com os filhos.

A dublagem brasileira do Dragon Ball Z gerou várias frase famosas, como a do início desse artigo e a mais de 8000, apesar da última ter fama internacional.

Mas nada supera a dublagem portuguesa. Exemplo:

Mais da melhor dublagem de Dragon Ball.

Sakura Card Captor[editar]

Mesmo não querendo admitir, todo mundo assistiu esse anime dublado, e todo mundo também trocava de canal quando alguém entrava na sala.

O mais icônico nessa dublagem (e, praticamente, em qualquer dublagem de anime), é a tradução da abertura e encerramento, seguindo a tradição de não traduzir porra nenhuma do original e inventar alguma letra genérica sobre amor (o mesmo aconteceu com Sailor Moon).

Pokémon[editar]

Até quem odeia esse anime já o assistiu mais de 8000 vezes na TV.

Ben 10[editar]

Opa, pera aí...

Hentai dublado?[editar]

Pra que dublar hentai? Eu consigo entender tudo o que acontece. Não precisaria nem de legenda!

É mais provável do que você pensa!

Claro que o mercado de hentais dublados no Brasil é inexistente, mas existe uma parcela considerável de animes dublados em inglês. A maioria dessas dublagens são uma bosta, mas isso é de se esperar, afinal, qual estúdio de dublagem iria gastar dinheiro e recursos para dublar hentai? E onde iriam achar dubladores dispostos a dublar essa porra? Diferente dos japoneses, os dubladores de outros países têm um pouco de vergonha na cara.

Mesmo as dublagens sendo um lixo, elas podem até ser melhores que a original na hora da fodeção, pois, a não ser que você tenha fetiche com isso, as vozes de dubladoras japonesas gemendo como se fossem um cachorrinho sendo torturado são insuportáveis e podem afetar a qualidade geral da punheta. Já, nas dublagens em inglês, é aquele gemido genérico de vídeo pornô, só que mais tímido, pois a dubladora tem vergonha e só faz isso pois está desesperada por dinheiro (é como prostituir sua voz).

No fim das contas, dublar hentai é inútil, pra que alguém precisaria entender o que está acontecendo? Acha que a pessoa presta atenção na história? Não, ela faz outras coisas. A propósito, existem dublagens de hentai em russo em que é só um cara lendo as falas por cima da dublagem original. Sim, isso existe, pois é fundamental que se entenda a história de um hentai.

Ver também[editar]

Referências