Associação Esportiva Jataiense

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Associação Esportiva Jataiense
AE Jataiense (GO).jpg
Brasão
Hino Música de São João
Nome Oficial Associação Caipira Jataiense
Origem link={{{3}}} Goiás- Jataí
Apelidos Raposa do Sudoeste
Torcedores O único morreu
Torcidas Não existem
Fatos Inúteis
Mascote Soja e Milho
Torcedor Ilustre Zé da Roça
Estádio Arapucão (Armadilha)
Capacidade 2 sentados e 3 de pé
Sede Jataí
Presidente Nhô Lau
Coisas do Time
Treinador Bino
Pior Jogador Nuvola apps core.png Rosinha
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Chico Bento
Patrocinador Ninguém patrocina essa bosta
Time
Material Esportivo Saco de juta
Liga Campeonato Goiano
Divisão 33° Divisão
Títulos ...
Ranking Nacional ...
Uniformes Jataiense I.jpg
Jataiense II.jpg



Associação Esportiva Jataiense é um bando de caipiras da cidade de Jataí que resolveram montar um time de futebol semi-profissional e hoje disputa o campeonato goiano, muito mais emocionante que o campeonato mineiro.

História[editar]

Craque do Time.

Fundado em 1952, ano em que o estado de Goiás foi descoberto pelos bandeirantes, e a cidade de Jataí fundada, o principal objetivo do time era ser uma força do interior brasileiro, mas aquele bando de caipiras plantadores de soja (aka, time do Jataiense) mal conseguem ser uma força do interior goiano...

A Jataiense tem como principal objetivo levar os times da capital para ir jogar na roça, e dar pontos para times porcarias como Anapolina, CRAC e Itumbiara evitando que estes rebaixem no campeonato.

O Clube Jataiense é muito conhecido no Mato Grosso do Sul por sua rivalidade ferrenha com os caipiras da cidade visinha de Mineiros. Jataiense contra Mineiros sempre é sinônimo de mobilização do interior do sudoeste goiano. Nesse clássico todos os caipiras se mobilizam e organizam uma festa junina fora de época (aka, ir assistir o Jataiense no estádio).

A Jataiense jogava no estádio Jerônimo Ferreira Fraga (uma plantação de soja), hoje manda seus jogos no Arapucão (Arapuca Grande) considerado o segundo menos pior estádio de Goiás atrás do J.K. de Itumbiara.

Após campanha pífia no campeonato goiano de 2009, ganhou com recompensa uma vaga na segunda divisão do estadual.

Depois de ser rebaixado por 54 anos consecutivos, o timeco resolveu desistir e não disputar a trigésima terceira divisão do rural.

Títulos[editar]

  • Campeonato Goiano da segunda divisão amadora de 2002, orgulho da população jataiense com uma estrela grandona exposta no uniforme, até parece que aquela estrela gigante é um título mundial
  • Perder para o América mineiro de 9x0 na série C de 2006.