Caminhão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Carrinho spmercado.jpg Este artigo é sobre um carro.

♫ Puta que pariu, pisa no freio, Zé... ♫

Ele queima óleo, suja sua garagem, solta fumaça e sempre lhe deixa na mão no meio da estrada!
Image tt ps (24).jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Cramulhão Cquote2.png
Google sobre Caminhão
Cquote1.png Você quis dizer: Carreta Cquote2.png
Google sobre Caminhão
Cquote1.png Você quis dizer: Caminhão enorme Cquote2.png
Google sobre Caminhão
Cquote1.png Ah, amanhã frete lá pra Itacaroba de Macaé Cquote2.png
Caminhoneiro morador de Sum Paulu sobre Frete pra onde judas perdeu as botas.
Cquote1.png Ooh I'm driving my life away, looking for a better way, for me... Cquote2.png
Música do Rhett Akins sobre os caminhões

Caminhão é um velho conhecido das estradas brasileiras entupindo seu tráfego com sua lentidão, estragando o asfalto com seu peso, ocupando os acostamentos e obstruindo as rodovias pelo péssimo estado em que se encontram entre outras coisas. Porém, são eles que levam e trazem nossos produtos pelo Brasil, movendo a nossa economia e fazendo o país crescer igual a minha piroca mastodôntica.

Caminhões populares[editar]

Isso que dá usar rebite tirar licença de caminhoneiro pelo correio...
1313, uma lenda das estradas!!!
S-111, o incrível jacaré laranja
  • 1313: uma lenda das estradas brasileiras, fabricada pela Mercedes-Benz. É possível flagrá-los em todas as rodovias do Brasil, pelo baixo custo de manutenção. Vem de fábrica caindo aos pedaços na cor azul, com carroceria de madeira infestada de cupins, um ronco ensurdecedor muito suave, lembrando de longe um gordo com caganeira (ou um falsete da Melody) e com sua incrível aerodinâmica adequada ao século X (Além de ser o mais poluente de todos). Alguns vêm com decorações que lembram a armadura do Hyoga. Conhecido por Muriçoca, e empresa esse apelido degradante a todos os caminhões sem 5a roda. Todo motorista de 1313 ou 1113 é ladrão: rouba partes da carga para vender, rouba pneus, lanternas LED e óleo diesel de bitrens. Mesmo assim vive fodido. Teme a Gerdau que caça implacavelmente essas bostas pra derreter e transformar em arame farpado.
  • D-60: Outro caminhão bem popular, fabricado pela Chevrolet. Porém, só podem ser usados para mudanças, pois seu motor é fraco como coração de coelho. Existe a versão a gasolina (C-60), mas polui muito mais e anda muito menos. O barulho parece o de uma descarga amplificada dez vezes (Diz a lenda que esse som vem da inspiração usada pelos engenheiros para fazer esse motor). Uma das únicas vantagens de se ter um caminhão desse é que ele é o mais barato de todos.
  • F-10000: Também conhecido como Fordão ou Sapão, é o único dessas listas que ainda é fabricado até hoje, embora seu exterior seja igual ao de 20 anos atrás. Vem na cor branca, e vemos ele carregando areia ou engradados de Coca-Cola.
  • S-111: ou Jacaré. O caminhão da Scania ficou muito famoso pela sua participação na primeira versão de Carga Pesada, e por suas cores (Ou falta delas), pois você só o vê nas cores: Laranja, vermelho alaranjado ou, muuuito raramente, branco. Em 1990, foi lançada a versão "quadrada", somente nas cores branca e vermelha (Há suspeitas sobre a relação desse caminhão com os comunistas) No porto de Santos, vemos milhares deles enfileirados, levando containers cheios de prostitutas vietnamitas e produtos falsificados.
  • 13-130: o primeiro caminhão da VW. Como é de se esperar dessa marca é feio, duro, ruim de dirigir, feio, desconfortável, pequeno e feio não é muito potente. Não preciso falar que é feio não emplacou de cara, igual um carrinho feio da mesma marca aí...
  • N10: Um caminhão da Volvo. Seu motor é tão forte, que além de equipar os caminhões desse modelo, substitui o de outros. Sua arrancada é capaz de mudar o sentido de rotação da Terra, portanto cuidado ao dirigir um desses...
  • Mack,MAN,Peterbilt e Kenworth: São caminhões utilizados na gravações de Transformers. Caminhoneiros que nunca foram ao espaço não saberão como pilotar ser forem americanos (ou sim) cuja os caminhoneiros brasileiros sonham em ter mas são caros esses tipos.
  • FNM ou "fenemê", um caminhão muito antigo que solta um belo fumacê e tem as portas que abrem pra trás(conhecidas com portas Suicídio).(Também é apelido de quem tem cara de bolacha).Antigamente já era antigo, hoje em dia nem se fala. Tratando-se de um produto nacional, algumas versões saiam de fabríca com variados problemas. FNM pode ser traduzido em: Fudido Nesta Merda. Todo motorista de FNM acaba virando andarilho.
  • LP 321, conhecido como cara-chata, era feio pra caralho!!!. Para ornar mais ainda com essa "beleza", vinha na cor verde-água. Atualmente quase todos eles foram vendidos para o governo do Acre ou derretidos pela Gerdau.

Frases de para-choque de caminhão[editar]

Antigamente, ser caminhoneiro exigia macheza...

Ah, este é um capítulo à parte, uma vez que faz parte da literatura nacional. Quem nunca viu aqueles fretados com uma inteligível frase em seu para-choque? São de vários estilos, cores, tamanhos, opções sexuais, gostos musicais. Aí vão alguns exemplos para você pôr no MSN:

  • Sogra é como onça: Todos temos que preservar, mas ninguém quer em casa!
  • Não sei cozinhar, mas na estrada vou ver seu cuzinho.
  • Prefiro ser um bêbado conhecido do que um alcoólico anônimo.
  • Mulher feia pra mim é igual ponte quebrada, nunca passo por cima.

Tipos de caminhões pelo mundo[editar]

Nos Estados Unidos[editar]

Os caminhões norte-americanos são tudo grande,eles chegam a ser maiores que o barraco fudido que você chama de sua casa, Mack, Peterbilt, Chevrolet, Freightliner, Kenworth, Dodge, Ford... e por aí vai, com seus escapamentos em cima, buzinas com o poder de surtar a qualquer um que esteja nos limites da via láctea, além de ser poluidores mais mesmo assim são Grandes e incrementados.

Na Europa[editar]

Mercedes-Benz, Iveco, Scania, Daf, Volkswagen, MAN, todos esses são europeus. Ou quase.

No Brasil[editar]

Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen, Ford, Chevrolet, Volvo... Na maioria, tudo velhos. E o restante, bom, quase velho mesmo...

Galeria caminhoneira[editar]

Ver também[editar]