Crazy Castle (série)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E vivia vendo preço ser remarcado por conta da inflação.

Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
E é um Salaryman.

Virtualgame.jpg Crazy Castle (série) é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, a Claire está matando algum licker.


Cquote1.png Você quis dizer: Séries com vários personagens confundíveis? Cquote2.png
Google sobre Crazy Castle (série)
Cquote1.png O ultimo é do Pica-Pau? Por isso é que a Kemco faliu... Cquote2.png
Warner sobre Kemco Games
Cquote1.png IDEM. Cquote2.png
Disney sobre Kemco Games
Cquote1.png Aqui nem todos foram lançados. Cquote2.png
Europeu sobre Crazy Castle (série)

A série Crazy Castle é uma série de jogos da Kotobuki System Kemco Games, que desde do começo do ano, seu site bateu as botas. A série consiste em 5 games (contando 3 spin-offs) feito pela própria Kemco.

Série Crazy Castle

O primeiro game da série: Roger Rabbit

Informações
Desenvolvedor Kemco Games
Publicador
Ano 1989, 1990, 1992, 1993, 1994, 1997, 1999, 2000, 2002
Gênero Quebra-Cabeça
Plataformas NES, FDS, Game Gay, Game Gay Colorido e Porrada-Boy Adulterado
Avaliação - 10000%
Idade para jogar Livre

Os jogos[editar]

Lá vai:

Roger Rabbit / The Bugs Bunny Crazy Castle[editar]

Estrelando Roger Rabbit no Japão para FDS, foi o primeiro jogo da série. Consiste em 60 fases com inimigos super rápidos da turma do mesmo. Nos EUA, como a Capturação de Comandos tinha o controle sobre fazer jogos da Disney nos EUA, a Kemco Games queria colocar o Pernalonga como protagonista da versão americana. As diferenças são extramamente mínimas: Em RR, os inimigos são rápidos e tem muitos loadings (isso era padrão na maioria dos games de FDS, sendo que o próprio aparelho podia estragar o disquete!). Em Bugs Bunny Crazy Castle, não há loadings e o game tem inimigos mais lentos.

Mickey Mouse / The Bugs Bunny Crazy Castle[editar]

Um dos primeiros games de Game Gay a sair no Japão. Mickey Mouse, o ratinho sem dentes foi o protagonista desse game no Japão. Contando inimigos clássicos dos desenhos (Pete e o Lobão por exemplo). O jogo é menor que RR, mas é maior em número de fases: 80. Nos EUA, novamente foi o Pernalonga, e tudo ocorreu bem===

Happy Birthday Bugs / The Bugs Bunny Birthday Blowout[editar]

Spin-off da série. Esse jogo comemora os 50 anos de existência do Pernalonga no mundo. Seus amigos da Looney Tunes não contentes com isso, vão fazer de tudo para impedir Perna de ir nesse aniversário!

Mickey Mouse II / The Bugs Bunny Crazy Castle II / Mickey Mouse / Hugo[editar]

Uma cagada na Kemco Games. Na Europa, teve o mesmo game, porém, com personagens diferentes. Nos EUA, Pernalonga novamente, e Mickey no Japão. O game contou com vários inimigos inventados (Mickey Mouse II e Hugo).

Mickey Mouse III / Kid Klown in Night Mayor World[editar]

Spin-off da série. Não tenho Mickey Mouse III, somente Kid Klown. Kid Klown e sua família se perderam para ir em um show de circo. Porém, o malvado Night Mayor fez a família de Kid desaparecer por causa de não achar um objeto pra ele. Game de plataforma, aonde Kid atira bexigas de ar.

Mickey Mouse IV / The Real Ghostbusters / Garfield Labyrinth[editar]

Um novo Crazy Castle. Na Europa, Garfield tomou conta deste game, e nos EUA, foi a vez de Raymond dos Ghostbusters participar dessa joça (sob licença da Activision).

Soreyuke!! Kid / Bugs Bunny in Crazy Castle 3[editar]

Kid Klown no Japão, para o GG normal e Perna pro GGC! A história conta sobre uma lenda existente com um tesouro escondido.

Bugs Bunny in Crazy Castle 4[editar]

Perna acha o mapa do C Castle, e confunde o "C" com cenouras. Porém, ele não sabia que o "C" era Crazy.

Woody Woodypecker in Crazy Castle 5[editar]

A Kemco Games perdeu o contrato com a Warner (por ela desenvolver Universal Studios Theme Parks Adventure, que é SGGG no mundo do contra) e então, coloca o mascote da Universal Studios como protagonista do game. Pica-Pau deve libertar fadas amigas da Mãe-Natureza, em cinco mundos. Vários personagens do desenho aparecem (incluíndo Dooley que nem sequer teve uma redigitalização da fase nova, Zeca Urubu e Leôncio). Disponível apenas pro PBA.

Contudo...[editar]

São séries de uma empresa que só fez jogos nos sistemas da Ñ-Entendo (deve ter alguns pros PolyStations). A Kemco Games não faz mas games em cartucho, somente games pro WRYYYYYYYYYYYYYYY! Ware.

Ver também[editar]