Deslivros:Como fazer uma prova de exatas sem pensar muito

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.

Este deslivro é parte do acervo de desmanuais Nuclear-explosion.jpg

Cansado de levar ferro nas provas de exatas (Física, Matemática, Química e afins)? Cansado de levar broncas dos pais porque tirou notas baixas? Pois agora isso é passado. Com este manual você poderá resolver provas de faculdade (mesmo sendo do Ensino Fundamental) em pouco tempo e sem ter que pensar.

Tabela de conteúdo

[editar] Apresentação

As ciências exatas são o terror de todo estudante, seja do Ensino Fundamental, Médio ou Faculdade (à exceção dos Nerds). As equações que parecem sair do absurdo, as constantes que variam mais que as variáveis e as leis, que tem mais particularidades que as regras de Português tornam uma prova bem elaborada (aqui entendida como Phodástica pelos alunos) um verdadeiro inferno. Mas esse mito está por acabar. Vamos às trapaças que te farão o Einstein da turma, mesmo sem saber que 1 e 1 dá 11.

[editar] Os macetes

Exercício resolvido com a ajuda desse deslivro.

Começamos o manual com algumas dicas de muita utilidade:

1. Na medida do possível, evite ler o problema. Lendo o problema, você perde tempo e fica confuso.

2. Extraia os números do problema na ordem em que aparecem. Cuidado: pode haver números escritos por extenso.

3. Se com a regra 2, obtêm-se três ou mais números, o melhor palpite para atinar com a resposta é somá-los.

4. Se só houver dois números - e um deles não for muito maior do que o outro - a subtração deve dar o melhor resultado.

5. Se só houver dois números e um deles for muito maior do que o outro, opte pela divisão (se a divisão for de resto zero) ou pela multiplicação (caso a divisão não seja exata).

6. Se o problema parece requerer o uso de uma fórmula, escolha uma que tenha letras suficientes para abrigar todos os números do problema.

7. Se as regras 1-6 não funcionarem, tente um expediente de desespero. Rabisque, ao acaso, operações com os números da regra 2, de modo a preencher ao menos duas páginas. Marque com um círculo cinco ou seis respostas em cada página (dá de uma delas ser a verdadeira...). Em todo caso, você pode ganhar meio certo numa dessas por ter se esforçado.

8. Nunca gaste muito tempo pensando em como resolver resolvendo problemas.

[editar] Regra do Soma tudo e divide por dois

Cálculo efetuado de forma correta. Quer dizer, não exatamente, de acordo com o Acordo Ortográfico de 1990.

Embora as dicas acima sejam bastante úteis, pode ser necessário o uso de fórmulas a fim de demonstrar o desenvolvimento (vulgo encher linguiça). Para isso, usa-se a seguinte fórmula criada por Aris Norris em 325 a.C. :


S = \frac{ a+b+c+... }{ 2 }

Na fórmula:

  • S é o resultado da soma (resultado da questão, ou o valor mais próximo desse)
  • a, b e c, entre outros são os valores que constam no enunciado do problema

Essa fórmula mostrou ser muito útil para a Física Moderna, onde esse processo é chamado de renormalização.

Dessa forma, questões que levariam muito tempo para serem resolvidas, agora podem ser concluídas em tempo recorde e ainda fazer o Nerd da sua sala espumar de raiva por você nem ter tocado nos livros e terminado a prova em 10 minutos enquanto ele virou a noite beijando as folhas do livro para se dar bem.

[editar] Interpretando Gráficos

Exemplo prático do uso de gráficos em situações cotidianas.

Os gráficos são o calvário de muitos estudantes, ou por não os entenderem, ou por preguiça de interpretar mesmo.

OBS Importantíssima: Questões com gráficos são mais fáceis que as outras, porque a resposta da questão sempre estará no gráfico.

Vamos interpretar o gráfico:

  • O eixo x (o da horizontal) relaciona o tempo (em anos);
  • O eixo Y (o da vertical) relaciona a porcentagem de chances do homem;
  • No período correspondente ao Namoro, o homem tem 50% de chances de vencer a mulher com argumentos lógicos;
  • No final da secção Namoro do gráfico, a porcentagem decaiu de 50 para 30%;
  • Durante toda a secção Noivado do gráfico, a porcentagem se manteve em 30%.
  • Quando o homem cometeu a burrada de casar e o gráfico mudou para o setor Casamento, as chances decairam de 30 para 0% (zero porcento).

Com isso concluimos que:

  • Quanto mais se aprofunda um relacionamento, menos adianta discutir com a mulher, só concordar com ela;
  • O homem foi muito burro de ter casado;
  • Você conseguiu compreender um gráfico (!)

[editar] Interpretando Tabelas

O mais importante em tabelas é observar com atenção a que linha e coluna se refere o valor que você observa. Vamos tomar como exemplo essa tabela gentilmente roubada copiada da Escala de Viadagem:

Nível Descrição
0 Exclusivamente heterossexual (comedor nato)
1 Predominantemente heterossexual, apenas eventualmente homossexual (come muito mais do que dá)
2 Predominantemente heterossexual, embora homossexual com freqüência (come em 60% das vezes, dá nos outros 40%)
3 Igualmente heterossexual e homossexual (adepto contumaz do troca-troca)
4 Predominantemente homossexual, embora heterossexual com freqüência (dá em 60% das vezes e come nos outros 40%)
5 Predominantemente homossexual, apenas eventualmente heterossexual (dá muito mais do que come)
6 Exclusivamente homossexual (santa totalmente passiva)
X Assexuado (nunca comeu, nunca deu e não se interessa por sexo)

Consideremos que, na questão onde esta tabela está inserida, é pedido o valor do nível para os seguintes indivíduos:

Obviamente você conhece esses indivíduos e suas características (pelo menos aparentes). Agora iremos ler a segunda coluna (da direita à esquerda) para ver as definições. Vamos agora, resolver essa questão:

  • Chuck Norris -> Exclusivamente heterossexual (comedor nato) -> logo, seu nível é 0;
  • Clodovil Hernandes -> Exclusivamente homossexual (santa totalmente passiva) -> logo, seu nível é 6;
  • Isaac Newton -> (não se sabe se comeu alguém ou foi comido por alguém), então, por lógica -> Assexuado (nunca comeu, nunca deu e não se interessa por sexo) -> logo, seu nível é X;
  • Evo Morales -> (há suspeitas de relacionamentos homossexuais com Hugo Chávez), então -> Igualmente heterossexual e homossexual (adepto contumaz do troca-troca) -> logo, seu nível é 3;

Como você deve ter percebido, é apenas uma questão de simples observação das linhas e colunas que formam a tabela.

[editar] Considerações Finais

Agora é só aplicar os ensinamentos desse manual e correr pro abraço. Não se esqueça de se vangloriar por se tornar um dos grandes gênios da sua sala, mesmo não sendo Nerd. Se você for Nerd, esqueça esse manual. E agora que você é sabido, aproveita pra dar uns pegas na gostosa que precisa de ajuda. Mas se você não gosta da fruta ou é inexperiente, bom, é melhor só se vangloriar mesmo.

[editar] Referência Bibliográfica

Em caso de uso desse desmanual, introduzir (Ui!!!) as informações na bibliografia:

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas