Desnotícias:Inglaterra prova do veneno de 1966 e acaba atropelada pela Alemanha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Trophees-16.gif Esta desnotícia é parte do projeto DesCopa, sua fonte de ignorância sobre o Mundial

Cquote1.png Jetzt saugen Sie Ihre Zigaretten! (chupa agora seus viados [sic]) Cquote2.png
Jogadores alemães de 1966

FONTE DAS FLORES, África do Sul - Alemanha e Inglaterra fizeram um dos jogos mais esperados das oitavas de final da Copa do Mundo de 2010. A fácil vitória da Alemanha por 4 a 1 sobre a Inglaterra comprova toda a fraqueza do grupo C dessa copa.

Inglaterra finalmente paga pelo título comprado de 1966.
Não sei porque tanta reclamação por parte dos ingleses, nessa imagem ficou muito claro que a bola não entrou

Jogo em que sobressaiu a força alemã, foi um típico grande duelo europeu, com 22 robôs em campo não fazendo mais do que o óbvio. A Alemanha abriu o placar aos 20 minutos com Klose, após ligação direta de tiro de meta do goleiro alemão, os zagueiros tem que ser muito burros mesmo para perder uma jogada básica dessas, sem contar o goleiro que estava pensando na morte da bezerra e não saiu do gol. Só restou Klose empurrar para o fundo da rede.

A Inglaterra continuou uma bosta. E a Alemanha aos 32 minutos aumentou com bela triangulação do ataque, fez um gol digno de Winning Eleven com Podolski que apenas teve o trabalho de fuzilar da esquerda.

A Alemanha não seria Alemanha se não desse uma dose de emoção e dramaticidade no jogo, e resolveu na metade final do primeiro tempo voltar a jogar quadrado como antigamente, a Alemanha não precisou jogar 5 minutos feio assim, que aos a Inglaterra faz seu gol do único jeito que um time tosco desses poderia fazer, com bola cruzada na área, e cabeçada de Upson enquanto o goleiro alemão saiu catando borboletas.

Logo em seguida, a Inglaterra pagou com juros pelo gol comprado da Copa do Mundo de 1966, o inglês Lampard mandou bela bola de cobertura que bateu no travessão e entrou, o goleiro alemão Neuer pegou a bola e na maior cara-de-pau saiu jogando enquanto os ingleses comemoravam o empate, o juiz e bandeirinha fingiram que não viram a bola entrar e não validaram o gol. A FIFA que aprendeu técnicas de censura nunca mais repetiu o lance, e até no site oficial tratam como se esse lance nem tivesse existido.

Os "dois" gols ingleses, verdade seja dita, foram acidente de percurso, um time que tem a incrível capacidade de empatar de 0 a 0 com a Argélia nem merecia estar nas oitavas de final, e tirando aqueles 5 minutinhos de sonolência alemã, os ingleses não tiveram chance o jogo inteiro.

No segundo tempo, a Alemanha continuou melhor, e a goleada era o caminho natural. Müller aumentou aos 22 minutos e menos de 1 minuto depois fez o quarto da Alemanha na fácil vitória que todo mundo já esperava.

A Inglaterra mais uma vez comprova que é cagona e peida na farofa na hora que mais precisa, enquanto a Alemanha chega à sua trecentésima quarta de final consecutiva provando que com tradição não se brinca.


Fontes[editar]