Desnotícias:Sem Ronaldo, Real negocia com Neymar um novo prefixo para o time

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

PARIS-MADRI, União Européia

Ainda não acostumado com a falta de um Ronaldo circulando nos corredores do clube, Real Madrid sai a procura um substituto para o Cristiano como uma ex que sai a procura de um novo homem assim que o namoro termina. O novo pretendente? Neymar. Sim, ele mesmo.

Opa! E lá vamos nóis!

O Real Madrid resolveu procurar Nosso eterno Menino Craque por ser o único jogador em atividade que não seja o Messi e que poderia pelo menos amarrar as chuteiras do ex-funcionário do clube. O time passaria de Time do Cristiano Ronaldo para Time do Neymar, nome também utilizado pela seleção brasileira. Para isso, o Real negociaria o uso deste com a CBF o Governo Federal afinal, é o nosso patrimônio, nossa seleção, o grande símbolo do patriotismo nacional.

Sem multa rescisória, o time do merengue planeja tirar o Craque® do time não convencendo o moleque ou seu empresário e sim o pai dele. A estratégia vai ser mostrar obscenas notas de euros ao pai com um óculos de realidade virtual do PornHub, de forma a o seduzir e deixá-lo sexualmente excitado. Com isso, Neymar Pai convenceria por si só sua criança a deixar os Sheiks de lado e jogar em Madrid, sob pena de levar uma surra. Apesar de brasileiros, a lei da palmada só tem validade em território nacional e apesar dos 26 anos, o Menino ainda toma palmadas naquelas bundas magricelas.

Quanto o valor a ser pago de salário, o valor será fatiado entre 3% pagos pelo Real Madrid, 7% divididos entre os publicitários, parças e Governo Federal e os 90% restantes serão pagos pela desOrganizações Globo.


Atualizado às 15 pras 21h, por Redação

O Real Madrid publicou uma notícia tão pequena que se fosse um artigo teria ganhado um ER direto. Nele o clube reçhaça com cachaça a intenção de contratar um novo pipoqueiro para o clube e deixa claro que se houvesse mesmo uma negociação, teria de falar com o atual clube dono do passe do jogador, o Neymar Futebol Clube, presidido por um de seus parças. Com isso, o clube quieta o cu do mercado financeiro, pelo menos por ora.


Fontes[editar]