Dorama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
Ao contrário do que muitos pensam, não troca R por L.


Os doramas são conhecidos pela excepcional capacidade de seus atores e pela naturalidade dos mesmos.

Cquote1.png Você quis dizer: Drama japa Cquote2.png
Google sobre Dorama
Cquote1.png Você quis dizer: Novela japonesa Cquote2.png
Google sobre Dorama
Cquote1.png Prefiro a Usurpadora. Cquote2.png
Sua mãe sobre Doramas.
Cquote1.png Que porra é essa? É pior que Malhação... Cquote2.png
Uma pessoa sensata sobre Dorama.
Cquote1.png Bem que eu podia exibir algumas... Cquote2.png
Sílvio Santos sobre exibir essa merda no SBT.
Cquote1.png Sugoi! Cquote2.png
Otaka retardada sobre doramas.

Dorama é mais uma daquelas pragas orientais que a todo custo tenta instalar-se na civilização judaico-cristã ocidental alienando o maior número possível de jovens e adultos sem consciência política. Falando curta e grosseiramente dorama é a versão live-action dos já mal-afamados animes, séries televisivas para pessoas sem muito o que fazer da vida.

Definindo[editar]

Dorama, conhecido também por J-Drama é a versão japa das novelas da Televisa com a diferença básica de ter uma dublagem melhor e ser filmado num país de primeiro mundo, o que, sinceramente, não compensa a ausência de atrizes capazes de arrastar multidões masculinas inteiras alavancando o IBOPE do programa.

Por incrível que pareça existe live-action de Sailor Moon, assustador, não?

Esses programas são basicamente a tentativa nipônica de plagiar a nossa Malhação, o que é desnecessário, já que nenhum brasileiro se importaria de exportar definitivamente essa novelinha adolescente que regurgita clichês a cada diálogo manjado de seus atores inexpressivos e que parecem ter sido selecionados mais pelo rostinho kawaii do que pela capacidade de interpretação.

Cartaz de um dorama. E aí, quem é o macho?

Resumindo toda essa enrolação, dorama são as novelas japonesas, sendo absolutamente todas chatas, com histórias que deviam comover, mas que levam às gargalhadas graças ao humor involuntário que soa incrivelmente pastelão e é capaz de levar o carrancudo Kimi Raikkonen a explosões de risos sinceros.

Enredo[editar]

O enredo de um dorama é muito parecido com o de uma novela das 6 da Rede Globo, ou seja, é uma historinha água com açúcar sem nenhuma emoção, sexo explícito ou tripas voando, portanto, é uma completa perda de tempo. Muitos doramas seguem o enredo de algum mangá shoujo, isto é, uma historinha boba destinada a garotas de 12 anos que ainda acreditam em príncipes encantados, amor eterno e que a Lusa ainda vai voltar a elite do futebol brasileiro. Mas também existem aqueles baseados em mangás josei, voltado para mulheres mais velhas e maduras... mas cá entre nós o enredo continua uma bosta.

Nos doramas, às vezes, os caras acabam exagerando, pondo de personagem principal um doente terminal que quer aproveitar os últimos dias, só que ao invés dele ir para os dias mais alucinados de sua vida ele vai ficar com a família, correr atrás de uma garota magricela que ele conheceu na loja de CD's e observar o por do Sol num ritmo melancólico, tudo isso resulta em algo tão chato que leva ao vômito as pessoas que por causa disso passam a odiar doentes terminais e apoiar a eutanásia.

Sim isso é assustador cara japonesa e, mesmo assim, há quem assista!

Público-alvo[editar]

Os doramas só são lançados pois ainda tem retardado que assiste esse tipo de coisa, óbvio, no capitalismo as coisas funcionam assim, sobrevive o que vende. No entanto imaginar o público atingido por esse show do horror televisivo é difícil.

Cquote1.png Dorama é legal! Cquote2.png
Atriz de Dorama tentando não ir pra rua, convencendo pessoas a assistir essa tortura.

Tais programas atingem o público-alvo das donas-de-casa japonesas, que submissas aos maridos passam o dia inteiro em sua casa minúscula cuidando do filho catarrento e para matar o tempo ficam vendo TV e acabam assistindo esses dramas pois sonham que sua vida tenha tanta emoção quanto a dos personagens, ingrata ilusão.

Fora do Japão tem gente besta o suficiente para perder tempo com esses dramalhões melosos, o pior é que isso é só para se sentir mais japonês, essas pessoas, caro leitor, são os otakus problemáticos antinacionalistas que reclamam das novelas brasileiras e vão assistir dramas japoneses, numa língua que para eles é uma incógnita e com histórias risíveis. O motivo para um otaku assistir isso e reforçar para si mesmo o quanto japa ele é e mostrar pra sociedade quão idiota ele o é também.

Ver também[editar]