Ferroviário Atlético Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ferroviário Atlético Clube
Escudo do Ferroviário.png
Brasão
Hino O ferrão foi se ferrar, é o pior do ceará!
Nome Oficial Ferrim Atrético Crubi
Origem link={{{3}}} Ceará-Fortaleza
Apelidos Ferrão
Torcedores Ferrados
Torcidas Torcida do Tamanho de uma Falange; Ultras Resistência Coral.
Fatos Inúteis
Mascote Tubarão
Torcedor Ilustre Lampião
Estádio Estádio Elzir Cabral
Capacidade 5.000 desocupados
Sede Rua Dona Foló, Fortaleza(CE)
Presidente Tiozão engraçadão
Coisas do Time
Treinador Velhinho que comeu e não pagou
Pior Jogador Nuvola apps core.png Cabeção
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Cearense jogando Winning Eleven
Patrocinador Mercearia Pão de Jesus
Time
Material Esportivo Nike[carece de fontes]
Liga Campeonato Brasileiro
Divisão [Sem divisão]
Títulos Uns campeonatos estaduais aí, que ninguém se importa
Ranking Nacional Nem ranking tem de tão ruim.
Uniformes Uniforme sao paulo.jpg
Uniforme sao paulo2.jpg



Cquote1.png Você quis dizer: Plágio do São Paulo FC Cquote2.png
Google sobre Ferroviário Atlético Clube

Cquote1.png Uma instituição desprezível Cquote2.png
Nietzsche sobre Ferroviário Atlético Clube

Cquote1.png Vender fiado? Só no dia em que o Ferrão ganhar um cearense Cquote2.png
Vendedor de Bar contornando a desculpa do cliente

Cquote1.png O time do Quixadá tem quantos cartões amarelos? Cquote2.png
Diretoria do Ferroviário em um dia típico de trabalho

Cquote1.png Eu não acredito, gente. Vocês vão jogar o campeonato desse jeito? Cquote2.png
Iarley em seu primeiro dia de trabalho no Ferrão

Cquote1.png Passamos dias e noites em claro para encontrar algum jogador em situação irregular Cquote2.png
Presidente do Ferrão em entrevista explicando sua dedicação e empenho em seu trabalho


Ferroviário Atlético Clube é um... o que é isso? Já ganhou alguma coisa esse treco?... ah, sim! Dizem por aí que é um "tradicional" time de futebol do Ceará, apesar de nunca ter ganho nada, mas como Ceará e Fortaleza também nunca ganham nada, deixa passar que o Ferroviário é um time tradicional.

O simpático time tem o apelido de FERRÃO, porque só leva ferro quando joga. A rotina do clube é bem simples, fazer figuração no Campeonato Cearense no começo do ano e depois fazer figuração na Copa Fares Lopes na metade final do ano. É até difícil entender como esse time não entra em falência (na verdade o Ferroviário já faliu há muito tempo. O que vemos jogar é um resquício ectoplasmático!).

A maior glória do Ferroviário aconteceu em 2006 pela Série C onde ele deu 7x2 no pior time do Brasil.

Atualmente com as constantes derrotas que vem sofrendo dentro e fora do campo o ferrim está mundando de rumo e viu que é mais rentável vender perfumes do que vender ingressos.

História[editar]

Um trem cheio de torcedores do Ferroviário. O tradicional transporte é a inspiração para o nome da equipe.

O time foi fundado em 1933 por alguns operários e ex-escravos que estavam buscando algo para combater o tédio. Decidiram fundir o time dos maconheiros de pés descalsos "Matapasto Só Capim e Canela Clube" e o time dos solteiros sem camisa "Jurujeba Tomás Turbando Futebol Clube". Surgia então o Ferroviário, time mundialmente conhecido por mal conseguir ganhar um mero campeonato cearense.

Parece que seus fundadores eram tudo da bambizada, já que adotaram para o Ferrim escudo e uniformes claramente copiados do São Paulo. O futebol, todavia está muito longe dos bambis originais. A única sorte para o Ferroviário é que o Ceará e o Fortaleza também são uma grande bosta, e fica até difícil de zoarem os torcedores do Ferrim.

Em competições locais sempre apanha para o Ceará e Fortaleza. É quase que um pleonasmo afirmar isso. Fato esse que levou a torcedores dos times rivais a sentirem pena desse pobre coitado e a despertarem simpatia pelo ferrim.

Em competições nacionais, já disputou 6 vezes a primeira divisão do campeonato brasileiro da época que jogavam 150 times e se jogava com as mãos ao invés dos pés. Depois de 6 humilhações, parece que nunca mais na história, de acordo com Mestre Yoda, o Ferroviário sonhará em disputar a série A outra vez. A sua melhor colocação foi um pífio 27° lugar em 1981.

Na série B também teve lá suas figurações. Conseguiu a incrível façanha de ficar na 44° posição em 1991, atrás até do Íbis na ocasião.

A série C, por muito tempo o Ferroviário adorou essa divisão, série C e Ferroviário durante muito tempo eram até sinônimos. O time ostenta orgulhosos records na série C, como time que mais jogou essa budega, que mais tem pontos nessa tragédia de campeonato, e que nunca ganhou.

Em 2009, com a criação da série D, o Ferroviário vê uma nova chance de garantir record esdrúxulos e chegou a fazer planejamentos para sempre estar disputando essa divisão e nunca subir, para assim acumular records idiotas, coisa que o ego do clube precisa. Em sua primeira participação o Ferroviário amargou uma eliminação para o Sergipe nas décimas-oitavas de final.

Em 2010 desiste de apanhar na série D do brasileiro e resolve não participar mais desse campeonato por achar que esse campeonato não está à altura do grandioso Ferrão. Então resolve unir todos os seus esforços para disputar o Campeonato da Rapadura e tentar reviver seus anos de glória quando ganhou dois títulos na competição.

Disputou o Campeonato Cearense (série B). Lugar que deveria ter ocupado desde 2013 se não fosse o tapetão que o livrou do rebaixamento colocando o seu maior rival Crateús em seu lugar. Mas como Alá é justo e não tarda a responder o Ferrão passou a disputar a série B do cearense em 2015. Para quem sabe assim voltar a sonhar em ganhar um título em sua vida, mas até o momento continua sua sina levando ferro. Conseguindo o feito histórico de ser campeão em ações na justiça desportiva para tentar colocar seu time na tão sonhada primeira divisão do campeonato cearense. E conseguindo mais um feito histórico de derrotas no tribunal desportivo, não conseguindo tirar a vaga do merecido time do Alto Santo, que merecidamente ganhou todos os seus pontos em campo.

Tem como principais rivais o Calouros do Ar, Alto Santo, Itapajé, Crateús e Trairiense, times igualmente tradicionais, mas com torcidas maiores.

Em 2017 reconquistou o direito de jogar a primeira divisão do estadual cearense, fato que só foi possível graças a compras, armações e propinas, pois o time que havia subido no futebol, o Alto Santo Esporte Clube, desistiu misteriosamente, dando a vaga de graça para o Ferroviário que acabou sendo vice de novo pro Ceará, mas ao menos eliminou o minúsculo Fortaleza antes disso.

Torcida[editar]

Torcedor do Ferrim fazendo algo mais produtivo do que assistir ao jogo.

A enorme torcida do FERRADOviário é capaz de feitos incríveis, como levantar um bandeirão de 6 m x 6 m no último clássico disputado com o Calouros do Ar (principal rival do time colorido). Reza a lenda que a mesma já não cabe em uma Kombi, pois o poder financeiro dos torcedores segue o time (quebrado). Atualmente a mesma enche 3 bicicletas.

O Ferroviário tem uma incrível torcida fiél (formada 95% por flamenguistas que torcem para o Ferrão só nas horas vagas) de mil torcedores, formados pelos favelados que moram ao redor do Estádio Elzir Cabral.

Pesquisas afirmam que o Ferrim é o time mais querido por aqueles que não gostam de futebol porque sua torcida não destrói o estádio após os jogos. Consequência lógica de não existirem torcedores no estádio para praticarem tal ato.

Algumas poucas pessoas são encontradas vestindo a camisa do Ferrão pela cidade, mas quando são perguntadas se torcem pelo Ferrão esses ou descobrem que não tinham comprado uma camisa do São Paulo ou a utilizam para não serem hostilizados pela torcida do Ceará ou do Fortaleza, que utilizam essa camisa como camuflagem quando saem dos estádios.


Hino[editar]

Salve, Salve LGBT

É o time dos homossexuais

E é o Ferroviário Patético Clube

O São Paulo do Ceará

Somos companheiros inseparáveis

Na pederastia e na safadeza

Com esse vermelho, preto e branco

Que traz o símbolo da tristeza

Vamos virar prostituta

Continuar nossa açoitada

Não enxergamos sacrifício

Levaremos qualquer chibatada

O Ferrão foi se ferrar

É o pior do Ceará!

Títulos[editar]

O Ferrão tem uma comovente história de desespero, sofrimento e humilhação. Sua maior glória foi ser bicampeão cearense, coisa que o Ceará ou o Fortaleza conseguem ser em um piscar de olhos.

Outros grandes títulos do ferradoviário:

  • Campeonato Cearense de Winning Eleven Brazukas: 2006
  • Campeonato Cearense de par ou impar: 2001
  • Sul-americano de porrinha: 1954
  • Campeonato de cópias são paulinas: BICAMPEÃO 1994 - 1995
  • Copa Barra do Ceara: 1950 (invicto)
  • Torneio Pentagonal de Fortaleza: 1955.
  • Copa do Ceará Sporting Club: 1964.
  • Copa Estado do Ceará: 1969.
  • Copa Rapadura de Pebolim: 1995.
  • Vice-Campeonato Torneio das Antilhas Holandesas: 2007.
  • Campeonato das Ilhas Virgens Britânicas de Futebol: 2008.
  • Campeão de processos no STJD: 2016.