Garçom de Acapulco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Garçom de Acapulco é um puta trabalhador honesto, cuja principal e única função na vida é servir a mesa dos hóspedes do Hotel Acapulco, mesmo que tenha que arriscar sua vida pra isso.

História[editar]

Foto Full HD 1080p do mito das mesas acapulquenhas.

Nasceu em Portugal, porém o tráfico de pessoas o vendeu para o Hotel Acapulco quando o mesmo ainda era apenas um bebê.

Ainda na infância, iniciou sua jornada de trabalho escravo, servindo mesas em troca de um sanduíche de presunto em pão dormido. Nessa época quebrava muitos pratos, e levava um monte de chinelada na bunda por isso, até que finalmente dominou a arte de atendimento ao cliente.

Criado na arte de servir mesas, o Garçom de Acapulco não sabe fazer mais nada da vida, e está preso a esta labuta pela eternidade. Não importa o quão idiota os clientes sejam, ele irá dispor-se a servir os mesmos com educação e elegância.

Sua aparição mais marcante na história da humanidade foi no episódio em que os favelados moradores de uma vila da periferia mexicana hospedam-se no Hotel Acapulco e vão tomar o café da manhã. Entre risadas histéricas e cagadas por burrice cometidas por esses clientes, o Garçom de Acapulco mantém sua postura e honradez de um garçom, dispondo-se a serví-los de maneira adequada e solícita.

Características[editar]

O Garçom de Acapulco é um cara sem graça, que passaria despercebido por qualquer olhar desatento. Sua única característica mais ou menos marcante é o seu bigode de português, que o mesmo não raspou mesmo sabendo que é anti-higiênico um bigode em alguém que ganha a vida servindo pratos.