Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Ministério dos Transportes)
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão do Brasil.png
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil
Esplanada dos Ministérios, Bloco R – Brasília
SigaBemCaminhoneiro.gov.br
Criado em 28 de julho de 1860
Orçamento R$ 19 bi[nenhum foi investido]
Ministro Merenda de Quinta Lesado
Órgão executivo Secretaria de Falta de Aviação Civil
Secretaria Especial de Portos Cubanos
Subordinados ANAC
ANTAQ
ANTT
DNIT
Infraero
® Desciclopédia
Logo gov fed 2016 kiko.jpg

Cabidério dos Transportes é um ministério que na teoria deveria ser responsável pelo investimento em rodovias brasileiras mas que na realidade só terceiriza a responsabilidade para as CCRs da vida, que adora meter a faca sem dó pra cobrança de pedágio, etc. Pedágio porque no brasil a existência de outras vias (aquáticas, ferroviárias e o escambau) é incerta, cabendo ao ministério apenas fazer alguma massa asfáltica barata pra cobrir algum buraco nas rodovias país afora por tempo limitado.

Atribuições[editar]

BR asfaltada depois primeiro período de chuva

O ministério dos transportes é o responsável por financiar e organizar grandes Epic fails históricos na engenharia rodoviária mundial. Um destes grandes fracassos nacionais foi a transamazônica, um caminho de terra "inaugurado" me 1974, ainda na dita dura dos milicos milicares, para a prática do rali. A ideia inicial daquele projeto, era fazer o maior percurso de rali do mundo, mas nem o percurso estava pronto na dita inauguração, o que contribuiu para que os organizadores do rali mudassem a sede da competição para Dakar. O ministro na época era um tal de Mário André "Zé" Graça, chamado assim porque ele adorava fazer gracinhas como essa transamazônica.

Teoricamente, o ministério seria o responsável pela aplicação da verba estatal na implementação de novas hidrovias nacionais. Se você é brasileiro e não sabe o que é uma hidrovia, normal. No Brasil, hidrovias são iguais cávias. O valor que deveria ser usado para tal fim nunca foi aplicado de fato, a grande parte se perdeu no meio do caminho, em algum desses mensalões, petrolões ou privatarias país afora.

Esse ministério é quem mais contribui com os ralis nacionais

O ministério também gerencia o caos que é a aviação brasileira. O Ministério dos Transportes faz o mesmo papel que o Coringa no Batman: Cavaleiro das Trevas Ressurge, promove o caos e quando chamado por meio de um dos órgãos subordinados como a Infraero, o ministro faz vistas grossas a situação, até algum acidente de proporções globais, quando ai sim aparece o ministro com alguma notinha de pesar às vitimas.

Tem também de se fazer jus a uma das obras que o ministério mostrou todo o empenho e conseguiu concluir no prazo certo. A obra é o Porto de Mariel, um porto genuinamente brasileiro, mas construído bem longe daqui.

Ver também[editar]

Coisas relacionadas a esse cabidério ministerial: