Nozomi Sasaki

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Jenna Haze.png
佐々木希
Sasaki nozomi poster.jpg
Nascimento 8 de fevereiro de 1988
Bandeira do Japão Japão
Ocupação Puta paga
Altura 1,68
Signo Aquário
Cabelo Castanho

Nozomi Sasaki (8 de fevereiro de 1988) é uma simpática jovem, que nasceu em Akita (não o cachorro, mas uma província perdida do Japão). Por possuir uma beleza ímpar na opinião dos punheteiros de plantão, resolveu trabalhar no mundo de sonhos e fantasias orientais, se tornando uma gravure idol. Como é relativamente alta para uma japonesa, Nozomi Sasaki já foi até modelo de passarela e, obviamente, por ter entrado nesse ramo, teve que manter-se permanentemente magra. Nozomi Sasaki sempre ficou comparando seu corpo com o de suas colegas de profissão e frequentemente chamava-as de gordas (em especial as estrangeiras), o que levou-a a ganhar o apelido de No Mercy entre os profissionais da indústria da moda. Como diversas vezes também espancou as miguxas, foi expulsa da modelagem e virou comentarista da MMA.

História[editar]

Após concluir a escola em sua terra natal, Nozomi Sasaki passou a sonhar em se mudar para Tóquio, assim como qualquer garota japa que nasce em alguma cidade interiorana, roceira e esquecida pelo resto do mundo. Seu maior desejo era tornar-se uma gravure idol, mas este é um privilégio concedido unicamente às raras mulheres orientais que são gostosas e possuem seios, algo que estava muito distante de acontecer com Nozomi Sasaki, dona de uma magreza anoréxica que ela mantinha à base de muito fumo. Desiludida com a vida, ela estava prestes a cometer seppuku com uma katana, mas foi milagrosamente salva pela modelo Emi Suzuki, outra magricela, que abriu seus apertados olhos nipônicos e disse que Nozomi Sasaki poderia trabalhar do seu lado.

Junto com Emi Suzuki, Nozomi Sasaki foi capa de uma revista pela primeira vez, descobrindo que outros tipos de modelo além das gravure idols também existem lá no Japão. Quando julgou que sua padawan já estava pronta para seguir carreira solo, Emi Suzuki aposentou-se e deixou Nozomi Sasaki tomar um rumo independente, desta vez saindo sozinha nas capas de revistas. A menina ficou tão feliz em ver que estava agradando que até parou de fumar, o que fez com que aumentasse seu apetite e, consequentemente, seu peso. Agora com uns quilinhos a mais e anorexia a menos, Nozomi Sasaki não poderia mais ser uma supermodelo, portanto, acabou sendo demitida de sua agência. Porém, sua sorte estava prestes a mudar. Agora bunduda, coxuda e peituda (nem tanto, mas perto do que era...), Nozomi Sasaki estava convertida em uma mulher gostosa e finalmente havia adquirido o porte de uma autêntica gravure idol! Deixou o cabelo crescer para ficar ainda mais bonita e pouco tempo depois já estava estampando livros, DVDs, roupas, acessórios, cosméticos e tudo que for porcaria. Após gravar uns comerciais idiotas, ela passou a ser considerada também atriz e foi chamada até para fazer cinema e televisão.

Ver também[editar]