Oficina do Kauan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Oficina do Kauan é um ambiente com uma aura mística, onde o dia inteiro ficam queimando incensos e rosquinhas, o que faz com que quem entre nela, fique com vontade de relaxar, mas de uma maneira que só macho faz.

Local[editar]

A parte externa da Oficina do Kauan também serve para baladas, onde o mecânico dança e relaxa com seus clientes.

A oficina do Kauan fica no meio do nada, no interior da Bahia, no fundão de Cu Pequeno, na parte onde predomina pelo mato.

Suas paredes são enfeitadas com calendários de putaria, assim como qualquer oficina mecânica por aí. Porém, ao invés das ilustrações serem de mulher pelada, as fotos são de Mandingo e Rocco Siffredi, sendo que a foto de cada um deles pega seis meses cada.

A parte externa da Oficina do Kauan, que é onde ele bota os clientes para relaxar e consertar os seus carros eles mesmos enquanto levam rola, é bastante ampla e sossegada, permitindo assim que o mecânico consiga relaxar adequadamente após um dia inteiro de descanso.

Apesar de ser uma oficina, a Oficina do Kauan não está bem equipada, portanto, Kauan Desu, o proprietário, faz com que seus clientes vão buscar lá longe a peça que você queria, além da chave de roda para ele fazer o serviço. E se os clientes demoram mais do que dez minutos para trazer estes artefatos para ele, que são produzidos apenas em uma fábrica lá do outro lado de Cu Pequeno, eles tomam no cu, pois Kauan não bota mais essa porra também não.

Presentes na oficina[editar]

O proprietário, mecânico e relaxador desta oficina é Kauan Desu, aquele que não curte muito trabalhar, apenas relaxar. Apesar de possuir diploma de mecânica por ter feito um curso no SENAI, ele nunca consertou um veículo na vida, ele sempre bota seus clientes para consertarem os seus próprios carros, enquanto ele bota um charuto de carne no cu safado deles.

Madruguinha, o cachorro do Kauan, está presente na oficina também, usando o amplo espaço externo da oficina para foder com os outros cachorros machos, quando os mesmos estão no cio. Nas horas vagas, quando não está relaxando com os outros animais machos, e nem mijando nos pneus do Fusca do Sandro Lima, Madruguinha está assistindo seu dono foder com os seus clientes, em todos os sentidos.

Após a primeira sessão de relaxamento, Jailson Mendes passou a ser frequentador semanal da Oficina do Kauan, quebrando sua rosquinha de propósito apenas para levar a peça que você queria para o Kauan resolver seu problema na hidráulise, e os dois relaxarem de uma maneira deliciosa.

Ver também[editar]