Sterling Jerins

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
XD Kawaii.jpg Cuidado! Este artigo é sobre uma GURIA RETARDADA!

E o caderno dela é um álbum de adesivos.

Clique aqui pra ver mais garotas malucas

250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Uma foto qualquer de Sterling

Cquote1.png Você quis dizer: Figurante Cquote2.png
Google sobre Sterling Jerins
Cquote1.png Experimente também: Exploração dos pais Cquote2.png
Sugestão do Google para Sterling Jerins

Sterling Jerins (15 de junho de 2004, Nova York) é uma atriz figurante americana que tem em seu histórico apenas papéis enche linguiça, escadinha no qual na maioria interpreta filha de algum fulano, Sterling na verdade queria ser bailarina, mas acabou sendo empurrada pra esse meio pelos seus pais, que só querem comer o dinheiro da pobre coitada.

Sobre ela[editar]

Grande participação de Sterling em Guerra Mundial Z.

Sterling é filha de um diretoriznho meia boca e de uma atriz que ninguém conhece, que está introduzida nesse meio apenas para os pais comerem o dinheiro da pobre coitada, Sterling também possui uma irmã mais velha e mais gostosa chamada Ruby Jerins no qual é claro nem preciso dizer que também é explorada financeiramente pelos pais, durante sua carreira Sterling atuou em papéis figurantes, no qual só atua como filha de fulano, sicrano e beltrano, porém sem nenhuma importância sem ninguém se da conta de quem é ela.

Um de seus filmes que lhe deu reconhecimento foi em 2013 com a cópia descarada de Resident Evil chamada Guerra Mundial Z no qual ela interpreta a filha de Gohan chamada Pan um gay que se acha chamado Brad Pitt, no qual ele abandonou sua família composta pela metade África para viver um Pai de família sub-urbano em meio a um Apocalipse Zumbi, o filme segue o mesmo esquema de Resident Evil e The Walking Dead e todos os genéricos, com um grupo de no máximo cinco pessoas no qual luta pela sobrevivência contra 7 milhões de inimigos ao seu redor e acaba se sobressaindo, o filme em si é bem né... e pela foto ao lado podemos perceber que Sterling teve uma grande e ilustre participação.

Outra ilustre participação de Sterling no filme de Owen Wilson que eu esqueci o nome. (Não sabe ler na capa animal?)

Ainda em 2013, um pouquinho antes (ou depois, sei lá...) ela interpretou a filha da macumbeira caduca vidente paranormal Lorraine Warren, essa vivida pela atriz Velha Nariga no filme Invocação do Mal dirigido pelo pokemon do sertão James Wan, no qual é cheio de suspense, sustos, terror e suruba, ela voltou anos depois para a sequência dessa porcaria porém com uma participação mais figurantesca ainda como se já não bastasse, porém ela voltou mais gostosinha crescida o que de certa forma contribuiu com a ordem cronológica do filme, assim não ficando totalmente sem sentido assim como todas as outras produções de James Wan, o que ela acabou recebendo uma bonificação como agrado, e teve aumento salarial de 2 dólares (o que transferindo para o real, aqui já daria para comprar uma Brasília).

Recentemente após fazer várias figurações e pontas em série de TV, Deus finalmente ouviu as preces de Sterling é resolveu lhe conceber um papel principal em um filme chamado Daisy Winters previsto pra lançar em 2016, mas como podemos ver o ano já está acabando e até agora nada, o que mostra que pode estar funcionando o olho gordo que Kyla Deaver pôs nas outras atrizes do elenco de Invocação do Mal por estar na geladeira, e que possivelmente esse novo projeto de Sterling pode ir pras cucuias, não temos muito conhecimento e informação desse filme, única informação que temos é que quando Sterling resolve protagonizar algo, ainda assim ela não aparece no pôster do filme, o pôster é composto por uma foto com milhares de margaridas e apenas o nome do filme escrito (pôster no qual não será mostrado aqui para o artigo não ficar poluído com imagens em tão pouca bosta escrita).

Ver também[editar]