Umidade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Em meio á umidade e ao calorzinho sempre se pode encontrar um bichinho contente.

Umidade é a casa de tudo que é orgânico, como por exemplo aqueles serezinhos que gostam de passar 24 horas se enroscando uns nos outros mergulhados num aglomerado de barrinho e calor. Calor porque sem ele a água seca totalmente e sem ela não há umidade, bem como não há vida nenhuma nem de pequenos corózinhos sem vergonha]]s. Toda vida, sendo orgânica precisa de ao menos um pouco de umidade, mesmo tuaregues, que são seres que desafiam as leis da natureza, sendo humanos(são humanos sim), que são os que mais precisam de água depois dos aquáticos, não podem ficar sem nada de umidade.

Onde encontrar[editar]

No planetinha azulão, mãe Terra, o que mais existe é umidade, já que é repleto de vida orgânica(redundância ou não, já que há quem jure que existe vida inorgânica), mesmo nos desertos, há umidade desde que não se morra antes de encontra-la cavando fundo na areia. Não vou dizer que a água é úmida porque você vai ficar com essa carinha conhecida de mongo sem entender a piada(ainda que ruim, é uma piada), mas tudo que é úmido tem água em sua composição, ainda que a solução seja quase seca.

Ânimo, é só cavar que a umidade aparece.

Se você olhar agora mesmo para dentro de um buraquinho qualquer de seu corpo notará logo de cara a umidade, ela costuma brilhar e juro a você, sem cruzar os dedinhos, que pensei na boca e no nariz, os buraquinhos de seu corpo. Nem transformarei essa artigo em baixaria falando de umidade desses lugares que essa sua cabecinha avoada está imaginando.

Bom, só digo sobre umidade em certos lugares do corpo, que ela deve ser mantida se um ato durar um certo tempo, porque a umidade ajudará a fazer que não machuque: Pensei em creme para não atritar muito em caso por exemplo, de atividades contínuas, para que as mão não criem calos por exemplo de trabalhar com enxada ou . O que estava pensando novamente?

Dessa vez a aranha não escapa de se umedecer.

Umidade que se instaura sem ser convidada nem sempre é ruim, pode formar por exemplo um musguinho simpático, que é tudo que um belo de um mofo quer ser, diferente do lodo, que é todo podrão e fedorento, mas o musgo só é retirado por frescura, quando o é, pois ele não costuma fazer mal a ninguém, apenas se um tonto resolver escorregar nele, mas nem assim é ruim, pode ser que o tonto que escorregou caia de bunda em mais musgo e esteja macio de tanto musgo.

Como evitar[editar]

Excesso de umidade? Onde?

Como todo e qualquer ser orgânico necessita de água, uns acabam por interferir e acabar com a vida de outros, que o digam inquilinos, hospedeiros(sem que sejam convidados), e parasitas, poucos desses são camaradas, sendo a maioria para acabar com a vida úmida dos na qual se instalam. Para acabar com a ameaça desses danados, deve-se tirar a umidade de onde não é necessária, evitando a porção da bactérias que não se fazem necessárias, entre outros seres nocivos. A umidade tendo água convida à vida, mesmo que seja das vidinhas mais malfeitoras e imprestáveis. Tendo ou não culpa, podem acabar com um organismo maior.

Muitos lugares devem ser enxugados como se fossem aquela criaturinha que acabou de se lavar para ser comida, enxugue com minúcia, para que não reste nenhuma gotinha onde se instalarão serezinhos nocivos. depois de tudo sequinho, tome ao menos uns trezentos ml de água, pois sabe que deve se manter úmido para que essa carcaça não se resseque nem se desidrate. Ou seja não adianta dar uma de preda, querer dar uma de Tripa Seca, pois você é um ser úmido e agradeça, sorria e sente no colinho da umidade pois você é filhotinho dela.

Ver também, se quiser[editar]